O Pastor Marco Feliciano não é racista nem homofóbico

Ele apenas foi infeliz quando trouxe a tona um estudo Bíblico teológico, em que relata a tese de que a descendência negra foi o filho de Noé que o viu nu e foi amaldiçoado. Da mesma maneira, Sodoma e Gamorra em que pessoas inverteram a ordem natural da criação do Senhor tendo relação homossexual, foram destruídos, juntos com as duas cidades. Não tenho procuração para defender o Pastor, não sou racista nem homofóbico, sou afro descendente, mas, quando o filho do Eterno falou a verdade, logo se levantou um grupo que defendia os seus próprios interesses e o levaram para a cruz e, Feliciano um vil pecador ou qualquer outro que falar a verdade, pode ser até morto neste País de corruptos, em que a minoria manda e quer ter seus direitos defendidos, deturpando, acusando e crucificando os outros.

O papa Francisco I disse ser contra o casamento gay...Por que ninguém o chama de homofóbico? E nem a imprensa deu tanto enfase a esse fato? Por que a fumaça que sai da capela cistina para escolher o Papa é negra num momento e, ninguém acusa o Vaticano de racismo? Por que vocês da minoria não declaram que a Bíblia é racista e homofóbica, por acaso têm medo das consequências?

0 comentários :

Postar um comentário