Polícia Federal prende médico estuprador que estava foragido

O médico Roger Abdelmassih, acusado de cometer mais de 50 agressões sexuais contra quase 40 pacientes de sua clínica de reprodução assistida em São Paulo, foi preso pela Polícia Federal nesta terça-feira em Assunção, no Paraguai.
O criminoso havia sido condenado a 278 anos de prisão e era considerado foragido desde 2011 – quando tentou tirar um passaporte e teve revogado o habeas corpus que permitia que respondesse a recursos da sentença em liberdade.
Desde que começou a ser acusado de molestar pacientes em 2008, Abdelmassih vem afirmando ser inocente das acusações. Ele chegou a dizer ter que as acusações seriam motivadas por vingança.
Até então o médico era considerado um dos maiores especialistas em reprodução assistida do país. Algumas de suas pacientes o acusaram de agressões sexuais que ocorreriam dentro de sua clínica.
Segundo as vítimas, os ataques teriam acontecido quando as vítimas estavam sozinhas com o médico em salas de consulta ou recuperação. Algumas afirmaram ter sido abusadas enquanto estavam dopadas por medicamentos.

Deportação sumária

A Polícia Federal afirmou que a prisão foi feita em parceria com a Senad (Secretaria Nacional Antidrogas, um dos mais importantes órgãos policiais do Paraguai).
A deportação do foragido para o Brasil deve acontecer de forma "sumária", segundo a PF. Ele seria levado para a sede da instituição em Foz do Iguaçu ainda nesta terça-feira e posteriormente transferido para São Paulo.
Abdelmassih chegou a ficar cerca de cinco meses preso em 2009, mas obteve o direito de responder ao processo em liberdade devido a uma decisão do STF (Supremo Tribunal Federal).
Por causa disso, após ser condenado em 2010, pôde continuar em liberdade, a espera do julgamento de recursos. Esse benefício foi revogado no ano seguinte após tentar tirar um passaporte. Desde então passou a ser considerado foragido. BBC

Que se faça justiça... Dilma e Lula foram vaiados, mas, também foram muito aplaudidos e a imprensa golpista não publicou

A presidente Dilma Rousseff  e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegaram ao Palácio das Princesas, sede do governo de Pernambuco, no Recife, por volta das 10h deste domingo (17) para acompanhar o velório do ex-governador do estado, Eduardo Campos.
Assim que chegaram, Dilma e Lula receberam vaias de parte do público. Logo em seguida, aplausos surgiram do palco onde estão as autoridades. O público, então, aplaudiu também.
A presidente e seu antecessor foram recebidos pela família de Campos e por Marina Silva, escolhida para ser a candidata do PSB à Presidência da República no lugar do ex-governador.
Dilma ficou mais distante do caixão. Ela estava ao lado do ex-governador de São Paulo, José Serra, com quem disputou a Presidência em 2010. Depois cumprimentou seu atual adversário na disputa eleitoral, o senador Aécio Neves.
O ex-presidente Lula abraçou fortemente os filhos de Campos e teve uma conversa longa com a viúva, que chegou a sorrir em alguns momentos.
No palco onde estão as autoridades, acompanham o velório políticos como o ministro da Casa-Civil, Aloizio Mercadante, o candidato do PT ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha; Francisco Falcão, ministro do STJ. Também estão presentes os governadores Teotônio Vilela, de Alagoas, Agnelo Queiroz, do Distrito Federal, Renato Casagrande, do Espírito Santo, Geraldo Alckmin, de São Paulo. Também está no palco o senador Aloísio Nunes, candidato a vice na chapa de Aécio Neves.
De acordo com a assessoria do Palácio do Planalto,  a presidente deve deixar o Recife ainda neste domingo, com saída programada para às 12h25, informou a assessoria.
Para o senador Jarbas Vasconcelos, que acompanha a cerimônia de despedida ao ex-governador de Pernambuco, as vaias ao ex-presidente do País foram desnecessárias. "Lula não merecia ser vaiado, porque ele gostava muito de Eduardo", disse.

Já os gritos direcionados à Dilma foram aprovados pelo senador. "As vaias para Dilma foram justificáveis, pois ela não gostava de Eduardo. Ela não deveria nem ter vindo, bastava ter mandado uma coroa de flores", afirmou Jarbas.

Jornal do Comercio

Secretaria da Promoção Social leva serviços as comunidades do Jequiriçá e Sarapuí


Mais uma edição do Projeto Promoção Social Pra Você foi realizada, desta vez nos distritos de Jequiriçá e Sarapuí, na últimas quinta e sexta-feira (14 e 15).
Palestras com a equipe da Unidade Móvel de Acolhimento À Mulher Campesina, exames de citologia oncótica, atualização cadastral do Programa Bolsa Família, atendimento médico, atendimentos do Centro de Referência da Assistência Social e da Mulher Vítima de Violência, e oficinas com crianças e adolescentes foram serviços oferecidos durante todo o dia do evento, que atendeu mais de 1 mil pessoas.

“Gostei muito, ajudou muito a todas nós, mulheres da zona rural, a entender melhor o nosso direito. Fui atendida pelo médico e fiz meu preventivo sem sair de perto dos meus filhos.”, declarou Valdirene de Jesus.
Para a secretária Renata Sampaio, da Promoção Social, desde que foi projetado, o objetivo do Promoção Social Pra Você é levar as comunidades mais distantes na zona rural os serviços de assistência social e saúde, com qualidade no atendimento. “Estamos lidando com seres humanos, que merecem nosso respeito, e acima de tudo nosso compromisso, pois dependem de nossas ações para terem seus direitos validados. É com muita alegria que, juntamente com a equipe da secretaria da Saúde,  estamos nestes espaços, também, dialogando com os residentes e ouvindo suas solicitações.”, disse.

 Unidade Móvel
A visita da Unidade Móvel de Acolhimento À Mulher Campesina faz parte do trabalho desenvolvido em toda a Bahia pela Secretaria de Políticas para as Mulheres e tem como objetivo implantar um modelo de atendimento multidisciplinar, composto por profissionais das áreas de serviço social, psicologia, atendimento jurídico e segurança pública, permitindo, assim, a interação efetiva dos diversos serviços, a orientação adequada e humanizada e, principalmente, o acesso das mulheres que vivem no campo aos serviços da Rede de Atendimento à Mulher em situação de Violência.
 Estrutura
A Unidade Móvel é equipada com duas salas de atendimento, notebooks com roteador e pontos de internet, impressoras multifuncionais (digitalização de documentos e fotocópias), 50 cadeiras, copa e banheiros adaptados para a acessibilidade de pessoas com deficiência.
Ascom - Sempros

Berço de jegue foi presa pelos milicos do PETO

Por volta das 9 horas da manhã desta Segunda-feira ( 18), a guarnição da viatura PETO 69 estava realizando ronda de rotina pelo bairro Nossa Senhora da Vitória em Ilhéus, quando avistou Cleonice Nunes de Oliveira, vendendo pedra de crack. Cleonice foi detida e levada ate a casa dela, que ao chegar à residência, localizada na Rua Nova Horizonte, foi encontrado na cozinha, um tijolo com 04 papelotes de cocaína pesando aproximadamente 02 gramas e quatro papelotes de maconha, 01 pequeno tablete de maconha pesando 14 gramas. Que uma Policial feminina, que acompanhava a operação, fez busca pessoal em Ana Claudia Oliveira de Souza, que se encontrava no interior do imóvel, foi encontrado em sua calcinha: 01 papelote de cocaína pesando 14 gramas, 01 pedra media de crack e mais 4 pedrinhas de crack pesando 14 gramas. Que na casa, foi encontrado ainda a quantia de R$1.348,05 em espécie, 10 aparelhos celulares, dentre outros objetos

"Ratão" fumou a maconha errada e fez protesto sozinho

O estranho comportamento do condutor de uma carreta identificado por Eduardo Marcelo da Rosa, apelidado por Ratão provocou tumulto na BR 020, nas proximidades do Balneário Rio de Pedras, em Luis Eduardo Magalhães.‘Ratão’ interditou o trânsito por várias horas, atravessando uma carreta bitrem na rodovia. Segundo ele, a iniciativa é uma forma de defender a criação do estado do São Francisco e de protestar contra a corrupção que assola o país. O mesmo pichou as lonas na carroceria do caminhão e fixou algumas faixas com mensagens de protesto no veículo.

Saiu da cadeia e a sentença de morte já estava assinada

O crime aconteceu na Rua Engenheiro Roberto Pereira de Almeida, no Bairro São José, próximo ao Parque de Exposição, por volta das 20h30, desta segunda-feira, 18 de agosto. A vítima foi identificada como Jorge Antônio Ribeiro Brandão, 44 anos de idade, ex-presidiário, morador do Bairro São Lourenço. Segundo a polícia, faz uns três meses que a vítima saiu do Conjunto Penal.



Segundo informações, a vítima estava na rua, quando desconhecidos em um Fiat Uno, de cor preta, placa policial não anotada, se aproximaram e o carona desceu atirando. A Polícia Militar esteve no local tomou as primeiras providências, preservando a área. Uma equipe do SILC, liderada pelo delegado, Dr. Júlio Telles, esteve no local e procedeu ao levantamento cadavérico.



Os peritos do Departamento de Polícia Técnica, Dr. Paulo Libório e Sandro de Abreu, foram acionados e fizeram a perícia de ação violenta (homicídio). Segundo o perito Libório, o Jorge Antônio foi assassinado com 03 tiros, sendo 02 no peito e 01 no braço direito, sendo encontrado um projetil no local do crime. Após a perícia, o corpo foi removido ao IML, onde passará por exames de necropsia.



Jorge foi preso em 17 de setembro de 2011, na Rua Mauá, no Centro. Ele foi preso com 17 (dezessete) pedras de “crack” e 06 (seis) papelotes de “cocaína”. Um inquérito policial foi instaurado para investigar autoria e motivação do crime.

Vacilou a moto atropelou

Quem está errado? Alguns Motociclistas que andam feitos cachorros loucos na cidade ou a maioria dos pedestres que andam passeando no meio da rua, quando não atravessam sem olhar?

Tarde desta terça-feira (19/08), um homem conhecido por Felipe foi atropelado por uma moto Yamaha Fazer vermelha, na Rua Direta da Bolívia em Valença.
O motociclista de dados não informados, prestou toda a atenção a vítima. Felipe foi socorrido pelo SAMU, sendo encaminhado ao Pronto Socorro de Valença.

A 1ª viagem desses ferry velhos será com todos os candidatos a governador da Bahia do PT, DEM, PSB e etc.

Pelo ao menos se a barca afundar está todo mundo unido e o povo... rindo

Em relação às denúncias sobre a aquisição de dois ferries (Dorival Caymmi e Zumbi dos Palmares) "sucateados" oriundos da Grécia, a assessoria do Governo do Estado prestou nota de esclarecimento sobre o processo que oferece "novos" equipamentos ao serviço de travessia.

De acordo a nota, as duas embarcações passam nesta terça-feira (19) por vistoria da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e da Receita Federal, e só serão liberados para travessia São Joaquim / Bom Despacho após a execução dos procedimentos legais. A mensagem atesta que em 20 dias os dois ferries estarão à disposição dos usuários do trajeto.

O processo de vistoria compreende a checagem das condições sanitárias das embarcações  e a verificação da inexistência de doenças transmissíveis.  A mensagem ainda afirma que, com o funcionamento dos equipamentos, a capacidade de transporte de carros e passageiros terá considerável aumento, em um tempo de travessia estimado em 35 minutos. bocão